36 Softwares Para Engenheiros Indispensáveis Para Sua Carreira

By | novembro 20, 2017

Você que já se formou recentemente, ou ainda é um estudante de engenharia prestes a se formar, deve estar se perguntando “quais softwares para engenheiros eu devo aprender?”

Pois se você já se perguntou isso, este artigo é para você.

01 introdução

Ao final deste artigo, você irá descobrir 36 softwares para engenheiros que vão dos mais básicos aos mais avançados. Continue lendo.

- Para Desenho 2D

02 2d

Os programas para desenho em 2D são os tipos de softwares para engenheiros  mais básicos, e por isso, você deve apreender ainda na faculdade.

Assim que tiver as primeiras aulas de Desenho, já é interessante aprender algum desses programas. Se você já se formou e ainda não domina, não perca mais tempo! A seguir os principais programas:

#1. AutoCAD:

Lançado pela Autodesk, o AutoCAD foi a transição das pranchetas, papel e caneta nanquim para as telas do computador. Muito utilizado na engenharia para a representação de projetos e detalhamentos. É o software tipo CAD mais conhecido e utilizado.

#2. LibreCAD:

Desenvolvido pela Comunidade LibreCAD, é um programa de CAD gratuito em português, sem a cobrança de licenças e taxas. Ele opera em Windows, Mac OS e Linux. 

#3. DraftSight:

Desenvolvido pela Dessault Systèmes, é um programa CAD gratuito para uso individual e funcionalidades básicas. Possui a versão profissional e a versão empresarial, ambas pagas.

- Para Modelagem 3D

Modelagem 3d

Após adquirir o conhecimento em projetar em 2D, a próxima etapa é aprender a modelar em 3D. Estes são os principais softwares:

#4. AutoCAD 3D:

Neste software, é possível dar volume a todos os desenhos projetados no 2D. Além disso, é possível mover o objeto, girá-lo em várias direções, aplicar texturas, materiais, iluminação e outros recursos.

#5. SketchUp:

Este é um dos softwares mais simples de se aprender modelagem 3D.  Uma das vantagens do SketchUp é que dá para importar seu desenho em 2D feito em CAD para transformá-lo em 3D dentro do SketchUp. Possui a versão free e a versão pro, que é paga.

#6. 3DS Max:

É um software da Autodesk, muito utilizado em animações, simulação, renderização para jogos, cinema e gráfico animado. Na engenharia e arquitetura é muito utilizado para modelar projetos e ambientes da forma mais real possível. Possui a versão free para estudantes e a versão paga.

#7. Solidworks:

Desenvolvido pela Dessault Systèmes, cria modelagens a partir de composições geométricas básicas. Muito utilizado na indústria, para desenvolvimentos de peças e componentes mecânicos, móveis, tipos de plásticos, construção civil, entre outras.

- Para Projetos em BIM

Projetos BIM

Os softwares BIM vão muito além de uma simples representação em 2D e 3D. Eles contêm elementos paramétricos, que são todas as informações dos modelos desenhados.

Juntamente com a representação, há todo tipo de informação necessária para a execução (como de fato acontece na realidade): materiais, etapas construtivas, quantitativos, orçamento, cronograma, especificações técnicas, etc.

Aos poucos, o mercado está trocando o aclamado CAD por BIM, e se você não quer ficar ultrapassado, não deixe de aprender. É um dos tipos de softwares para engenheiros mais indispensáveis para aprender!

#8. Revit:

Desenvolvido pela Autodesk, vai muito além de uma modelagem 3D. Com o Revit é possível criar um projeto completo em 3D, e a partir dele, são extraídas perspectivas, pranchas de documentação, tabelas e todo o tipo de dados e informações que estão associadas aos objetos do projeto. Possui a versão free para estudantes e a versão paga para profissionais.

#9. ArchiCAD:

Desenvolvido pela empresa húngara Graphisoft, o software tem como objetivo criar soluções que proporcionem a quem projeta uma aproximação cada vez maior à realidade e ao resultado final, agilizando desenhos, especialidades, métodos e processos inerentes a um projeto. Possui a versão free para estudantes e a versão paga para profissionais.

- Para Análise Estrutural

05 analise est

É interessante aprender programas de análise estrutural no momento da graduação, juntamente com as matérias de Resistência dos Materiais e Análise de Estruturas (ou Teoria das Estruturas).

Já se você se formou e pretende trabalhar com a área estrutural, você deve dominar um ou mais destes softwares para engenheiros de análise estrutural:

#10. Ftool:

é um programa criado na PUC- RJ para análise estrutural bidimensional. Com ele é possível montar uma grande variedade de esquemas estruturais e, especificando alguns parâmetros, construir os gráficos de momento fletor, esforço normal e cortante, linha elástica e gráfico de configuração deformada. Software free.

#11. SAP 2000:

é um programa de elementos finitos, com interface gráfica 3D orientado a objetos, preparado para realizar, de forma totalmente integrada, a modelação, análise e dimensionamento do mais vasto conjunto de problemas de engenharia de estruturas. Software pago.

#12. Ansys:

ferramenta usada para a realização de simulações multifísicas através do Método dos Elementos Finitos (FEM) e Método do Volumes Finitos (FVM). É amplamente usado por diversas indústrias para realizar análises estruturais, térmicas, fluido dinâmicas, eletromagnéticas, de fadiga, de fratura e de transformação de fase. Possui versão free para estudantes e versão paga para profissionais.

- Para Estruturas de Concreto

06 estrutura

O ideal, novamente é aprender ainda na graduação, juntamente com a matéria de Concreto Armado, para que todo conhecimento teórico se materialize e você consiga perceber tudo o que está aprendendo.

Lembrando apenas que um software de estruturas nada mais é que uma ferramenta, é como se fosse uma calculadora mega avançada. Se você inserir algum dado incorreto, sua estrutura final vai sofrer e isso pode acarretar em graves riscos durante a execução ou na utilização da estrutura.

É o tipo de software para engenheiros que querem trabalhar como calculistas.

#13. Eberick:

O programa da AltoQI possui um poderoso sistema gráfico de entrada de dados, associado à análise da estrutura em um modelo de pórtico espacial e diversos recursos de dimensionamento e detalhamento de lajes, vigas, pilares, blocos sobre estacas e sapatas. Software pago.

#14. TQS:

engloba todas as etapas de um projeto, isto é, desde a concepção estrutural, passando pela análise de esforços e flechas, dimensionamento e detalhamento de armaduras, até a emissão das plantas finais. Trata-se de um Sistema Integrado e completo, e não apenas de um programa de análise ou de desenho. Software pago.

#15. Cypecad:

é um programa para projeto estrutural em concreto armado, pré-moldado, protendido e misto de concreto e aço que engloba as etapas de lançamento do projeto, análise e cálculo estrutural, dimensionamento e detalhamento final dos elementos. Software pago.

#16. MSCalc:

permite dimensionar lajes, vigas, pilares e fundações de concreto armado. Está disponível em versão mobile também. Possui versão gratuita de teste. Software pago.

- Para Instalações elétricas

07 eletrico

Os softwares de instalações elétricas geralmente são bem fáceis de manusear. Para os estudantes, é indicado aprender a fazer projetos elétricos no próprio AutoCAD e depois se aprofundar em algum software BIM. Estes são alguns dos softwares para engenheiros disponíveis no mercado:

#17. AutoCAD Electrical:

ferramenta CAD feita especialmente para o projeto de controles elétricos. A ideia do programa é simples: oferecer funções que simplifiquem o trabalho do usuário na hora de criar os componentes dos equipamentos, permitindo que ele aumente seu foco no desenho em si. Possui versão grátis para testes, mas é um software pago.

#18.  PRO-Elétrica:

Desenvolvido pela Multiplus, é um programa para projeto de instalações elétrica, cabeamento estruturado, SPDA, automação residencial, locação de postes e iluminação de loteamentos e instalação de placas fotovoltaicas. Software pago.

#19. CadProj Elétrica:

Desenvolvido pela Highlight, é um software para desenvolvimento de Projetos de Instalações Elétricas (BT), solução CAD/CAE que auxilia no desenho, faz análises, cálculos e quantificação de materiais.

#20. Revit MEP:

é um módulo do Revit, com as disciplinas de mecânica, elétrica e hidráulica. O Revit ajuda os engenheiros a modelar em um alto nível de detalhe e coordenar com facilidade em conjunto com colaboradores de projetos de construção. Possui versão free para estudantes e versão paga para profissionais.

#21. QiElétrico:

sistema brasileiro para projetos de instalações elétricas prediais de baixa tensão. A principal diferença entre o QiElétrico e o Revit é que o sistema nacional garante uma maior produtividade devido os comandos para definição automática de tomadas, condutos, fiação, balanceamento de fases e cálculos luminotécnicos. Software pago.

- Para Instalações hidrossanitárias

08 hidraulico

Os softwares para engenheiros de instalações hidrossanitárias podem ser aprendidos durante a graduação, através do CAD e do BIM.

#22. TigreCad:

aplicativo de apoio aos projetistas e engenheiros nos desenhos técnicos para Esgoto Predial, Água Fria, Água Quente e PEX.O aplicativo é voltado ao software AutoCAD e Revit, possuindo um conjunto de ferramentas especiais para a inserção, edição e quantificação de materiais. Aplicativo gratuito.

#23. PRO-Hidraulica:

software para projetos de instalações hidráulicas e sanitárias -  água quente e fria, esgoto, bomba de recalque, águas pluviais, fossas sépticas, gás natural e GLP.

#24. CadProj Hidráulica:

Software para desenho e quantificação de matérias dos projetos de Instalações Hidráulicas: água fria, água quente, bomba de recalque, água pluvial, esgoto, fossa séptica, gás (GLP e Natural) e proteção contra incêndio (Hidrante e Sprinkler). Atende as Instalações Prediais Residenciais, Comerciais e Industriais.

#25. Revit MEP:

Módulo do Revit, plataforma BIM que modela e apresenta elementos paramétricos das instalações hidrossanitárias, gerando desenhos realistas e cheios de detalhes de lâmpadas, tomadas, quadros, condutos e demais equipamentos que empolgam e chamam atenção de projetistas e clientes.

#26. QiHidrossanitário:

desenvolvido pela AltoQI  para projetos de instalações hidrossanitárias prediais, adequado as normas brasileiras e com recursos de cálculo, modelagem, dimensionamento, compatibilização e detalhamento. Software pago.

- Para Planejamento e Gestão

09 gerenciamento

Os softwares de planejamento e gestão estão aí para auxiliar no andamento da execução da obra, para evitar atrasos e para minimizar os imprevistos.

#27. Excel:

é um dos softwares para engenheiros (e leigos) mais simples e acessíveis para elaborar planilhas de planejamento, gestão, orçamento, cronograma e o que mais você desejar. Talvez você não conheça nenhum software aqui listado, mas você deve conhecer e dominar o Excel. Pacote Office pago, porém há versões gratuitas online.

#28. MS Project:

Desenvolvido pela Microsoft, serve para planejar e gerenciar projetos. Suas ferramentas permitem planejar as atividades, recursos e custos, de forma simples e completa. Software pago.

#29. GanttProject: 

programa criado para agendamento de tarefas de um projeto em suas diferentes etapas baseado no Diagrama de Gantt. Com o GanttProject é possível dividir um projeto em uma árvore de tarefas a serem designadas para diferentes pessoas e  definir dependências entre estas atividades. Software gratuito.

#30. Primavera:

software mais avançado no que diz respeito ao planejamento e gestão. O módulo Primavera Enterprise realiza planejamento, estimativas, monitoramento e controle dos projetos. Atualmente possui módulo específico para a Construção Civil, o Primavera Construction. Software pago.

- Orçamento

10 orçamento

Estes softwares auxiliam na elaboração de um orçamento mais adequado para o tipo de obra. 

Enquanto estudante, o mais indicado é elaborar os orçamentos pelo Excel com o avançar da carreira profissional e com a necessidade, ir aprofundando em softwares para engenheiros mais avançados.

#31.  OrçaFascio:

o programa apresenta uma forma mais rápida e prática de desenvolver orçamentos que o Excel. Possui plano grátis e planos pagos.

#32.  Arquimedes:

O Arquimedes é um programa geração de orçamentos de obra, planejamento de atividades, acompanhamento de serviços e controle financeiro. Software pago.

#33. Sienge:

software de gestão e integração entre planejamento, orçamento e acompanhamento, reunindo todas as informações em um só lugar. Software pago.

- Para Compatibilização de Projetos (BIM)

11 compatibilização

Antigamente, o método mais tradicional de se fazer a compatibilização de projetos era sobrepondo as pranchas uma sobre as outras manualmente.

Depois este processo passou pelo CAD, da mesma forma, com sobreposição. Hoje em dia, com a tecnologia BIM, é possível integrar todos os projetos de uma forma mais rápida e prever todos os cenários antes da execução.

#34.  Naviswork:

software desenvolvido pela Autodesk,  ajuda profissionais de arquitetura, engenharia e construção a analisar os modelos e dados fornecidos pelos envolvidos de maneira integrada, a fim de ter um controle melhor sobre os resultados do projeto. Isso possibilita prever todos os problemas e resolvê-los ainda na fase de projeto.

#35. On Target:

software onde é possível podem compartilhar os últimos desenhos com toda a equipe para garantir que não haja retrabalho. Eles podem revisar as ordens de mudança para garantir a validade do custo e do escopo e se manter a par do progresso no local de construção. É possível acessar todos os dados pelo celular. Software pago.

#36. Solibri Model Checker:

Este software te ajuda a encontrar e visualizar problemas antes e durante a construção. Também fornece uma riqueza de informações que podem ser retiradas ao longo do ciclo de vida do edifício como: cálculo de área, acessibilidade e conformidade com o código de construção. Software pago.

Conclusão

“Devo aprender todos estes softwares para engenheiros listados acima?”

12 conclusão

Definitivamente não. Você só deve aprender os mais básicos e ir aprofundando em conhecer softwares mais avançados de acordo com as suas necessidades profissionais. Não precisa ficar desesperado querendo saber todos.

A maneira mais fácil de acumular conhecimento em diversos softwares para engenheiros é quando você ainda está na faculdade e pode aprender o software juntamente com as matérias correspondentes.

Se este é o seu caso, não perca tempo e escolha o software mais básico e o que tiver versão educacional e aprenda o máximo que puder deste software. Imagine só, se a cada matéria você aprende um software novo, como seu currículo não vai ficar atrante!

Lembrando que os softwares listados acima são apenas algumas opções disponíveis no mercado. Existem uma infinidade de softwares, programas e aplicativos que servem de ferramentas para auxiliar o profissional de engenharia. Cabe a você pesquisar e testar para saber o que mais se adapta às suas necessidades.

Sobre o Blog Engenheiro Recém-Formado

O blog nasceu com a missão de levar conhecimento e dar dicas para os engenheiros recém-formados que se sentem despreparados para entrar no mercado de trabalho e não sabem muito bem por onde começar.

Estudantes de engenharia também são muito bem-vindos, afinal, eles serão os recém-formados do futuro. No blog você encontrará posts valiosos para o início de sua carreira, não deixe de conferir! Quero visitar o blog!

Quer saber quais as empresas estão contratando Engenheiros? Então conheça nossa Plataforma de Conexão e encontre oportunidades de emprego com o seu perfil. Para ver as vagas em destaque, Clique Aqui.

Uma Plataforma de Conexão entre Engenheiros e empresas de Engenharia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *