Iniciando a carreira como Engenheiro?

By | maio 31, 2021

Veja aqui alguns conselhos para desenvolver uma carreira de sucesso

Está iniciando a carreira como engenheiro e quer se tornar um engenheiro confiável? Seu primeiro trabalho na engenharia é uma oportunidade de desenvolver as habilidades e os hábitos necessários para chegar lá.

Como em todas as profissões a melhor maneira de aprender é fazendo, e na engenharia não seria diferente.
Então se você está iniciando a carreira como Engenheiro, veja alguns conselhos e dicas dos Engenheiros Seniors Buzek e Brian Campbell

Buzek é gerente de engenharia na empresa americana de software de recursos humanos, Gusto, onde trabalha nas integrações da plataforma com outros aplicativos. Ela incentiva os novos engenheiros a se concentrarem fortemente no aprimoramento de suas habilidades técnicas, mesmo que isso signifique dizer não a outras responsabilidades desde o início.

“Mesmo que você também seja um novato, faça parceria com alguém que não tenha as mesmas habilidades que você”, disse ela. “Uma das coisas mais eficazes que vi é alguém que conhece a programação back-end com alguém que conhece o front-end muito bem, e eles podem ensinar um ao outro esses conjuntos de habilidades.”

Para Campbell, que detém o título de engenheiro renomado na empresa de gerenciamento de identidade Ping Identity, cultivar excelentes habilidades de comunicação deve ser o foco principal para engenheiros em início de carreira.

“Construir e manter relacionamentos e ser capaz de ter conversas respeitosas sobre tópicos que podem ser complexos, e até mesmo carregados, é muito mais valioso do que eu imaginava no início da minha carreira”, disse ele.

TUDO BEM FAZER MUITAS PERGUNTAS

Quando surge um problema complicado, pedir conselhos aos colegas de trabalho costuma ser o caminho mais rápido para uma solução. No entanto, fazer uma pergunta significa admitir que você não sabe, e isso pode ser difícil para os novos engenheiros que querem provar seu valor.

Se você se sentir envergonhado ao fazer perguntas, tente pensar nessas perguntas como investimentos em projetos futuros, em vez de distrações de um atual.

“Não se limite a um padrão tão alto a ponto de começar a pensar que está desperdiçando o tempo de outra pessoa”, disse Buzek. “Como engenheiro júnior, esse é um tempo bem gasto e deve ser tratado dessa forma.”

Começar dizendo a um membro da equipe que você respeita o trabalho dele também não pode prejudicar, disse Campbell.

“Muitas pessoas não ouvem muito esse tipo de coisa, e pode ser muito gratificante e um grande motivador”, disse ele. “Saber que alguém adimira o seu trabalho faz você querer retribuir a essa pessoa e ajudá-la a alcançar o que quer que esteja tentando fazer. Contanto que seja genuíno, pode ser muito poderoso. ”

Se você pesquisou o problema sozinho, teve algumas ideias preliminares e ainda se sente desconfortável ao fazer uma pergunta, uma cultura de equipe negativa pode ser a culpada.

“Se você está em um espaço que desencoraja essa energia, talvez encontre um novo”, acrescentou Buzek.

SEJA HONESTO SOBRE O QUE VOCÊ QUER

Buzek disse que deseja que seus subordinados diretos a procurem com pedidos que possam ajudá-los a fazer melhor seu trabalho. Quando eles têm sucesso, ela tem sucesso, então ir além para reorientar uma pilha de tecnologia ou mudar algumas atribuições não é moleza.

“Mesmo que alguém comunique uma necessidade que pareça irrelevante para a tarefa em questão, não é irrelevante”, disse ela. “É o que faz a empresa funcionar.”

“Se você estiver disposto a conversar com seus gerentes sobre o que você realmente deseja e como isso pode agregar valor, muitas vezes há espaço para fazer isso funcionar.”

Quando você objetiva uma função ou promoção específica, a confiança para pedir o que deseja torna-se ainda mais importante. Tradicionalmente, os funcionários mudam de funções júnior para funções sêniores, para cargos de gestão de pessoas. Na Engenharia, entretanto, algumas pessoas se veem prosperando em outros lugares, como em gerenciamento técnico ou como colaboradores individuais de alto nível. Expressar seu desejo logo no início ajuda a evitar permanecer em uma posição pela qual você nunca gostou.

A LEALDADE NO TRABALHO PODE ABRIR PORTAS INESPERADAS

Os profissionais da engenharia geralmente desejam trabalhar com as melhores e mais modernas empresas e tecnologias. E, embora o salto na empresa esteja se tornando mais comum e aceito, saltar demais pode privar você de oportunidades de melhorar.

Campbell está na Ping Identity há 16 anos. Embora ele não tenha nada contra a mudança de emprego, disse ele, sua decisão de ficar com uma empresa criou oportunidades que ele não teria encontrado em outro lugar.

“É mais gratificante, pelo menos para mim, ter um impacto e pegada mais ampla em meu setor.”

Quando recebeu a tarefa de ajudar sua empresa a aderir aos padrões da indústria em evolução, Campbell percebeu que estava tão interessado nos próprios padrões quanto em sua implementação. Ele entrou em contato com o grupo de desenvolvimento de padrões, a Internet Engineering Task Force (IETF).

Com o tempo, o envolvimento de Campbell cresceu de fazer pequenas edições para participar de reuniões do grupo e escrever partes dos padrões. Agora, ele é o copresidente do comitê técnico de serviços de segurança da Organização para o Avanço dos Padrões de Informação

Se ele tivesse mudado de emprego ou deixado o espaço de identidade, ele não teria construído a experiência necessária para influenciar seu setor dessa forma.

SAIBA FORMULAR O SEU PLANO DE CARREIRA

Ao formular um plano de carreira, não perca tempo com objetivos que não sejam genuínos. Uma personalidade extrovertida não significa que você está destinado à gestão de pessoas, assim como fortes habilidades técnicas não devem impedi-lo de pivotar para liderar uma equipe. Preste atenção ao que o motiva no trabalho e não busque uma posição apenas porque parece a próxima coisa a fazer.

Por exemplo, um engenheiro pode aceitar uma posição com subordinados diretos porque sente que é um degrau na carreira. Mas se ela for motivada por resolver quebra-cabeças técnicos, concluir projetos e ver resultados rápidos, ela pode se sentir insatisfeita.

“É importante lembrar que o cerne disso é como você deseja passar o dia e o que será mais pessoalmente gratificante para você, porque a gestão de pessoas tem fluxos e refluxos e pode ter alguns ciclos de recompensa bastante longos”, disse Buzek.

Por outro lado, outro engenheiro pode notar seu foco mudando da conclusão bem-sucedida de um projeto para seu impacto na empresa como um todo. Para ela, fazer a mudança para a gestão de pessoas faz sentido, porque ela pode orientar seus subordinados diretos para criar o maior impacto positivo.

“Tenho a maior alegria em ver o sucesso de minha equipe”, disse Buzek. “Se isso não é para você, não há problema em deixar isso claro.”

RETIRE A PRESSÃO DE PROJETOS PARALELOS

Projetos paralelos são legais, mas não são necessários para o sucesso.

Na verdade, quando os gerentes de contratação tornam os projetos paralelos critérios importantes para contratações ou promoções, isso pode introduzir preconceitos no processo.

“Eles podem não ter tempo para trabalhar nesses tipos de projetos e ainda assim agregam valor à empresa.”

“Acho que é realmente importante na construção de uma força de trabalho diversificada e eficaz que entendamos que existem pessoas que são muito técnicas e, ainda assim, não é isso que elas escolhem fazer em seu tempo livre”, disse Buzek. “Eles podem não ter tempo para trabalhar nesses tipos de projetos e ainda assim agregam valor à empresa.”

Apesar de ser um colaborador frequente de código aberto, Campbell concorda. O equilíbrio entre trabalho e vida pessoal é difícil o suficiente para ser atingido sem a pressão de manter um fluxo interminável de atividades paralelas ou hobbies impressionantes.

“É certamente útil”, disse ele. “Mas, Deus, ao mesmo tempo, não quero contribuir com essa ideia de que você tem que fazer todas essas outras coisas para ser um candidato viável. Existem maneiras de mostrar seu valor que não envolvem codificação em todas as horas da noite. ”

Quando estiver em dúvida, lembre-se de que há muitos gerentes de contratação que entendem que seu tempo é limitado e que os hobbies não técnicos de que você gosta são igualmente importantes para aprofundar sua perspectiva e suas contribuições.

“Eu caminho nas horas vagas”, disse Buzek. “As pessoas fazem muitas coisas diferentes e, como resultado, trazem algo único para a mesa.”

APRENDA A PERSUAZIR EM VEZ DE DISCUTIR

Quando você escolheu se tornar um engenheiro, provavelmente não pensou que ser persuasivo seria um dos requisitos de seu trabalho. A persuasão, no entanto, é uma habilidade essencial para qualquer trabalhador técnico.

Frequentemente, disse Campbell, os engenheiros pensam em preto e branco. Existe uma solução correta para um problema técnico, e quem discorda não consegue ver a lógica. Isso pode levar a desentendimentos desagradáveis ​​no trabalho, quando duas pessoas veem o mesmo problema de maneira diferente. Também pode criar problemas quando as soluções técnicas não estão alinhadas com os objetivos ou restrições de negócios mais amplos.

“Acho que há uma tendência de pensar que acertar no lado técnico é a única coisa que importa, e isso é o suficiente para ganhar o dia”, disse ele. “Mas a capacidade de persuadir, acrescentada com um pouco de humildade, é algo significativamente subestimado em nosso campo, especialmente no início da carreira das pessoas.”

Para praticar a persuasão eficaz, conheça as pessoas que exercem outras funções em sua organização, prestando especial atenção às suas metas e medidas de desempenho. Em seguida, mantenha essas coisas em mente ao lançar ideias durante o desenvolvimento de produtos ou outros projetos.

Em seguida, comece a procurar inspiração – não nos colegas de trabalho com quem você adora trabalhar, mas naqueles que não gosta.

À medida que você fica melhor em defender suas ideias com bondade e humildade, vai construir uma reputação de alguém com quem é desejável trabalhar.

Aprender a persuadir não significa que você nunca discordará, disse Campbell. Significa apenas que você está mais bem preparado para apresentar um caso convincente ao fazê-lo.

Se você está iniciando a carreira como engenheiro, siga nossas dicas e crie uma carreira de sucesso!

Veja também:


Carreira e Engenharia. Entenda!
Inteligência artificial no recrutamento online
Os segredos da inovação por Duncan Wardle

Avatar

Uma Plataforma de Conexão entre Engenheiros e empresas de Engenharia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *