O Engenheiro no Gerenciamento de Projetos

By | abril 28, 2021

Quais são as 5 habilidades fundamentais do Engenheiro no Gerenciamento de projetos por Maria Cristina Barbero

Maria Cristina Barbero, é diretora Sênior de Engenharia. Sempre envolvida em projetos de transformação e migração de software com grandes clientes e especialista em governança de projetos e serviços. Nos últimos 20 anos Maria Cristina tem contribuído para o crescimento e disseminação da Gestão de Projetos na Itália. Veja no artigo as 5 principais habilidades que o Engenheiro no Gerenciamento de Projetos deve ter.

1- QUAL A ABORDAGEM DA ENGENHARIA PARA A GESTÃO DE PROJETOS?

O mundo dos negócios na engenharia se divide entre empresas que “compram” e empresas que “vendem” gerenciamento de projetos.

Isso leva a dois fatos importantes com os quais um engenheiro, como gerente de projeto, deve lidar: o primeiro é que a entrada para os projetos é, o contrato de fornecimento, e nenhum método pode substituí-lo: deve-se fazer o que o contrato exige. A segunda é que os métodos, inspirados nos mais elevados padrões internacionais (do PMI à ISO), devem, no entanto, levar em consideração o que os clientes exigem e esperam, tanto em termos de práticas quanto de terminologia.

Esta é também a razão pela qual os métodos internos não devem ser vinculativos, deixando um amplo espaço para a utilização das melhores práticas ágeis e tradicionais, adaptando-se ao que o contexto e os clientes solicitam.

2- QUAIS SÃO AS 3 HABILIDADES FUNDAMENTAIS DE UM ENGENHEIRO NO GERENCIAMENTO DE PROJETOS?

Em primeiro lugar, os engenheiros gestores de projetos, devem ser profissionais, como advogados, contadores e médicos. Como qualquer profissional, devem saber aplicar as técnicas da profissão no ambiente em que atuam, adaptando-se, mas nunca esquecendo o princípio subjacente.

A segunda coisa é a capacidade de interpretar o presente com o futuro em mente. Em termos operacionais, podemos chamar de gerenciamento de risco. Em essência, é a propensão de ler os problemas de hoje pensando sobre o que o futuro reserva se agir de uma forma ou de outra.

Em seguida, vem a liderança e a comunicação. Como engenheiros – gerentes de projeto, devem saber como usar as diferentes técnicas de liderança de maneira adequada; ora se requer uma liderança diretiva, ora se convém uma liderança servidora, ou seja, devem se colocar “a serviço” das equipes de trabalho. Também devem saber representar as informações do projeto de uma forma que seja compreendida e utilizável pelas contrapartes.

3- O ANO PASSADO VIU UMA FORTE ACELERAÇÃO DA TRANSFORMAÇÃO DIGITAL. COMO PODE A GESTÃO DE PROJETOS APOIAR AS EMPRESAS NA GESTÃO DE SEUS PROCESSOS DE DIGITALIZAÇÃO?

O termo Transformação Digital identifica uma infinidade de tipos de projetos que às vezes são muito diferentes. O Engenheiro Gerente de Projeto deve ter a capacidade de integrar os diferentes elementos centrais da transformação, para se relacionar com todas as estruturas da empresa afetadas e orientar o processo de mudança organizacional, tecnológica e acima de tudo humana.

Um Engenheiro Gerente de Projeto deve mostrar os obstáculos para mudar, como superá-los e onde encontrará resistência. Deve ajudar a avaliar se a empresa está atingindo o valor e os benefícios estabelecidos dentro dos custos orçados. Saber avaliar a realidade da mudança através de números e fatos objetivos, sugerindo claramente onde e como devo intervir.

4- NEM TODOS OS PROJETOS (E CLIENTES) SÃO OS MESMOS E NEM TODOS TÊM O MESMO NÍVEL DE DIGITIZAÇÃO. COMO ESCOLHER A ABORDAGEM CORRETA PARA A GESTÃO DE PROJETOS AO LIDAR COM UM PROJETO QUE É ALTAMENTE DIGITAL?

O caminho mais provável é a abordagem híbrida, que aliás estamos descobrindo ser benéfica não apenas em projetos com uma “forte natureza digital”. Hoje, falar sobre gerenciamento de projetos híbridos não é mais apenas uma ideia nova ou uma tentativa de um compromisso entre as técnicas tradicionais e ágeis. Existem cursos de formação e certificações para a aquisição de competências para a condução de um projeto pelo método híbrido.

Os benefícios são consideráveis, você pode manter uma visão geral sólida de seus projetos sem sacrificar a capacidade de trabalhar de forma incremental ou mesmo ágil quando apropriado, por exemplo, ao personalizar plataformas universais.

5- QUAL VALOR O ENGENHEIRO GERENTE DE PROJETOS TEM NA GESTÃO DO IMPACTO DA COVID-19 NOS PROJETOS DE NEGÓCIOS?

Deve se analisar uma forma que todos os PMOs e PMs trabalhem em ambientes puramente virtuais. Embora a situação da Covid-19 em última análise coloque o valor de qualquer gerente à prova, os engenheiros gerentes de projeto, talvez sejam privilegiados, porque estão mais acostumados do que outros gerentes a usar comunicação “essencial e eficaz” baseada em fatos e números e menos em palavras e exposição verbal.

Portanto, se um gerente de projeto era importante antes, agora ele é ainda mais importante e se torna um elemento de agregação crucial em todo o quadro e uma fonte primária de todas as informações sobre o progresso atual e as projeções futuras.

E aí gostou do nosso artigo? Compartilhe!

Veja também:
A Tecnologia na Engenharia.
Energia renovável – Geração e tendências
Os segredos da inovação por Duncan Wardle

Para ver a entrevista na íntegra acesse:
https://www.engineering.com/home

Summary
O Engenheiro no Gerenciamento de Projetos
Article Name
O Engenheiro no Gerenciamento de Projetos
Description
Saiba quais são as 5 habilidades fundamentais de um Engenheiro no Gerenciamento de projetos por Maria Cristina Barbero
Author

Avatar

Uma Plataforma de Conexão entre Engenheiros e empresas de Engenharia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *