Quais áreas da Engenharia mais contratam engenheiros no Brasil.

By | janeiro 29, 2019

Duas vezes representada no ranking dos 10 cursos mais procurados do Brasil, a Engenharia é sem dúvida um dos cursos dos sonhos dos ingressantes no nível superior.

Alunos atraídos tanto pelas possibilidades do mercado sempre aquecido da Engenharia Civil, que ocupa a quarta posição no ranking, com nada menos que 360,4 mil matrículas, ou ainda, pela Engenharia de Produção, que se mostra  essencial nas indústrias e que ocupa a décima posição no ranking, com 165,7 mil matrículas.

Indiscutivelmente, a Engenharia ocupa lugar de destaque nos planos de quem pensa em cursar o nível superior.

Mas, será que dentre as tantas ramificações da Engenharia, essas representam também as que mais empregam? Afinal, é raro encontrar quem possa investir cinco anos da vida apenas para ter um diploma. A maioria de nós, reles mortais, busca além da formação, a certeza de ter um trabalho com o que possa concretizar outros sonhos, certo?

E com o recente desaquecimento da economia, nos últimos anos algumas áreas tradicionais da engenharia estão em baixa, como a Engenharia Civil e a Engenharia Naval.

Para que a carruagem não vire abóbora e o seu sonho não se transforme em um pesadelo ao fim da graduação, leia esse artigo até o final e descubra quais são as áreas da Engenharia que mais contratam no Brasil.

Quais são as áreas da Engenharia?

Se você já decidiu que quer ser engenheiro, inclusive, está pesquisando o nosso site para saber mais sobre a profissão, parabéns!

Agora que você já sabe o curso da sua vida, o desafio é escolher a ramificação da Engenharia, ou até mesmo, para investir em uma pós graduação, se a sua área escolhida anteriormente não estiver em um bom momento.

Essas são as 34 áreas da Engenharia reconhecidas atualmente:

  • Engenharia Aeronáutica
  • Engenharia Ambiental
  • Engenharia Cartográfica
  • Engenharia da Computação
  • Engenharia de Alimentos
  • Engenharia de Controle e Automação
  • Engenharia de Horticultura
  • Engenharia de Minas
  • Engenharia de Petróleo e Gás
  • Engenharia de Segurança do Trabalho
  • Engenharia Elétrica
  • Engenharia Florestal
  • Engenharia Industrial
  • Engenharia Mecatrônica
  • Engenharia Naval
  • Engenharia Sanitária
  • Engenharia em Tecnologia Têxtil e da Indumentária
  • Engenharia Acústica
  • Engenharia Agrícola
  • Engenharia Biomédica
  • Engenharia Civil
  • Engenharia em Agrimensura
  • Engenharia de Aquicultura
  • Engenharia de Energia
  • Engenharia de Materiais
  • Engenharia de Pesca
  • Engenharia de Produção
  • Engenharia de Telecomunicações
  • Engenharia Física
  • Engenharia Hídrica
  • Engenharia Mecânica
  • Engenharia Metalúrgica
  • Engenharia Química
  • Engenharia Têxtil

Saber quais são as 34 áreas que você poderá se dedicar na Engenharia não vai te ajudar a decidir qual a melhor. Inclusive, isso pode te deixar ainda mais confuso.

Por isso, organizamos esse ranking, agora levando em consideração as vagas de emprego disponíveis em nosso Portal. Vamos a elas:

Engenheiro de Projetos

É o profissional responsável por coordenar a equipe e também todas as atividades de implementação de um projeto, desde a concepção, até a desmobilização. Formação em Engenharia e Especialização em Gerenciamento de Projetos.

Engenheiro de Aplicação

É o executivo com foco nas vendas, responsável por acompanhar todas as etapas da venda, desde o desenho da proposta de vendas até a precificação do produto ou serviço. é uma oportunidade para engenheiros formados nas mais diversas áreas. Salários em torno de 8 a 12 mil reais.

Engenheiro de Manutenção

É o engenheiro responsável pelos planos de manutenção da empresa, seja manutenção preventiva, corretiva, acompanhamento e definição de índices de performance da manutenção. Preferencialmente para engenheiros das áreas elétrica, mecânica, civil, hidráulica, dentre outros.

Engenheiro Químico

Engenheiro que responsável por criar plantas da indústria química e gerir processos.

Engenheiro de Segurança Contra Incêndio e Pânico

Projeta, realiza a gestão e implementa sistemas de segurança e prevenção contra incêndios, nas mais diversas empresas e negócios. Exige-se formação em engenharia e é desejável especialização em segurança do trabalho.

Oportunidades para Engenheiros em 2019

A Engenharia é uma das profissões mais versáteis que existem, por isso, as oportunidades para engenheiros não se limitam à sua área de formação.

Por possuírem habilidades muito desejadas pelo mercado, como raciocínio lógico, facilidade na solução de problemas, liderança, flexibilidade, afinidade com tecnologia, estratégia, dentre outros, a demanda de engenheiros também é absorvida por empresas como bancos públicos e privados, empresas do mercado financeiro, empresas públicas, forças armadas e ainda a educação superior.

Segundo dados do CREA, muitos engenheiros ocupam altos postos de liderança em empresas, como coordenadores, diretores e executivos, dificultando assim, a identificação como engenheiro, para obter estatísticas em relação ao mercado.

De Olho no Futuro

Além das áreas em alta no momento, o engenheiro que busca recolocação no mercado deve estar atento às transformações que vêm ocorrendo em todo o mundo.

A chamada Indústria 4.0 ou Quarta Revolução Industrial, vem criando cargos e oportunidades, em áreas completamente novas. Portanto, quem sair na frente e estiver preparado, tem muitas chances de obter sucesso.

E o que é essa tal de Indústria 4.0?

Esse assunto daria um livro… Então, apenas para ficar mais claro e não te deixar completamente perdido, vamos resumir aqui a Indústria 4.0 como um conceito que alia automação e tecnologia da informação, para a produção de bens e serviços pela indústria. Nada que em suma não acontecesse até anteontem.

Porém de forma mais contundente, a Indústria 4.0 promoveu um salto na automação e robôs vêm realizando atividades de forma mais rápida, mais eficiente e sem nenhuma interferência humana.

Os pilares da Indústria 4.0 são: inteligência artificial, segurança da informação, internet das coisas, big data e computação nas nuvens.

Com essa mudança, cargos que simplesmente não existiam há alguns anos atrás, como Engenheiro de Big Data, ou Engenheiro de Segurança de Redes, hoje são cargos altamente promissores e que já têm salários projetados entre US$ 135 mil e US$ 196 mil anuais, segundo estudos da empresa de consultoria Robert Half.

Se você está buscando recolocação no mercado, ou até mesmo seu primeiro emprego na área, pode ser a hora de avaliar a possibilidade de uma especialização nessas áreas.

Conclusão:

A Engenharia é uma das áreas mais disputadas e desejadas para o ingresso na Universidade. Uma formação que tradicionalmente gera a expectativa de bons empregos e salários.

Porém, com o recente desaquecimento da economia, algumas áreas tradicionais estão em baixa, como a Engenharia Civil e a Engenharia Naval.

Trouxemos neste artigo as principais tendências de áreas com demanda crescente. São elas: Engenharia de Projetos, Manutenção, Aplicação, Engenharia Química e Segurança Contra Incêndio.

Além disso, a Indústria 4.0 proporcionou o surgimento de áreas inteiramente novas, como Engenheiro de Big Data, que já iniciam com projeções de excelentes salários e baixíssima concorrência.

Quer saber quais empresas estão contratando Engenheiros no momento? Então conheça nossa Plataforma de Conexão e encontre vagas de emprego com o seu perfil em sua cidade. Veja as vagas em destaque, Clique Aqui.

Avatar

Uma Plataforma de Conexão entre Engenheiros e empresas de Engenharia.