Qual o salário de um engenheiro químico recém-formado?

By | abril 24, 2019

Entre as engenharias, temos a engenharia química, que assim como qualquer vertente dessa ciência e profissão, apresenta grande valorização, utilidade e grande responsabilidade em nossa sociedade.

Apesar de facilmente reconhecer suas qualidades e potenciais, o jovem profissional tem certa dificuldade em saber quanto costuma ganhar logo quando sai da faculdade.

Mas afinal, quanto ganha um engenheiro químico?

Para solucionar essa questão, fizemos este breve artigo abordando sobre o assunto. Para tal, falaremos sobre o mercado de engenharia química e como ele se encontra na atualidade.

Posteriormente, falaremos sobre quanto ganha o engenheiro químico recém-formado, além de outros detalhes sobre o salário do profissional em média.

Por fim, trataremos de dar algumas dicas para melhorar as oportunidades no mercado de trabalho enquanto profissional de engenharia química. Confira!

Conheça o mercado de engenharia química

Com a mecanização da produção de produtos e oferta de serviços, o mercado para engenheiro químico tem se valorizado cada vez mais no país.

Como o engenheiro químico trabalha com transformações químicas, algo necessário em praticamente todos os segmentos industriais, seu caminho natural está no setor industrial.

Vale ressaltar que estas indústrias podem ser dos mais variados tipos, desde que envolva processos químicos.

Dessa maneira, o profissional de engenharia química tem o objetivo de planejar e executar projetos industriais que envolvam manutenção, assistência técnica de equipamentos, controle de qualidade e transformações químicas.

As industriais que mais demandam por esse profissional são as mais tradicionais, nas áreas de petroquímica, detergentes, farmacêutica e plásticos.

Todavia, por conta da sua utilidade ser bastante ampla ele pode atuar nos seguintes setores:

  • Vidro;
  • Cosméticos;
  • Refinarias;
  • Fertilizantes;
  • Siderúrgicas;
  • Tintas;
  • Celuloses;
  • Alimentos e bebidas;
  • Mineração;
  • Borracha;
  • Cimento;
  • Desenvolvimento e pesquisa de novos materiais;
  • Biotecnologia.

Quer ver as melhores vagas de emprego para Engenheiro Químico Então conheça nossa Plataforma de Conexão e encontre vagas de emprego com o seu perfil em sua cidade.

Atualmente, o país conta com um total de 35 mil engenheiros químicos em atividade. Esse número, apesar de parecer alto, ainda é baixo se compararmos com a demanda necessária para a profissão no país, tendo em vista nosso grande setor industrial, tanto em regiões tradicionais, como o Sudeste, tanto em regiões que estão expandindo a sua industrialização, como é o caso das regiões norte e nordeste.

Apesar de ser não ser a engenharia mais popular, perdendo para outras como engenharia civil, elétrica, mecânica, entre outras, a engenharia tem um diferencial muito grande em relação as demais engenharias: é aquela que paga o maior salário.

Além disso, com o crescimento da construção civil e preocupação ambiental, o engenheiro químico também pode se inserir nessas áreas, seja pesquisando novos materiais, seja pesquisando tratamentos de resíduos.

Veja quanto ganha um engenheiro químico em início de carreira

A lei 4.950-A/66, responsável por fiscalizar a profissão de engenharia química no país, disciplina os salários do profissional da seguinte forma: para aqueles que realizam uma jornada de 6 horas diárias, o salário deve ser de pelo menos 6 salários mínimos.

Para aqueles que realizam uma jornada de 7 horas diárias, o salário do profissional deve ser de pelo menos 7,25 salários mínios.

E para os engenheiros químicos com 8 horas de trabalho diário, o salário deve ser de pelo menos 8,5 salário mínimos.

Um engenheiro químico ganha em média R$ 5.465,62, segundo o site Chato. Segundo o mesmo site, um engenheiro Trainee recebe em média R$ 3.068,71.

Segundo o site lovemondays, o salário de um engenheiro químico júnior é de R$ 7.000, enquanto que um engenheiro químico sênior R$ 24.827. Dessa maneira, como você pode perceber, o engenheiro químico, recém-formado, recebe em média, em caso de ingressar em uma vaga de trainee, com mais de três mil reais de salário.

Com o passar dos anos, o salário do profissional sobe rapidamente, conforme você pode verificar anteriormente.

Vale destacar que os salários dependem de outros fatores também, como a região, demanda por profissionais na região, órgão que o profissional atua, entre outros.

Regiões mais industrializadas como o Sudeste, ou estados com essa característica, como é o caso do Amazonas e sua Zona Franca, tendem a ofertar melhores condições aos engenheiros químicos. 

Vale destacar também as diversas formas que o profissional engenheiro químico tem de atuar no mercado de trabalho, seja por conta própria, ofertando o seu serviço como pessoa jurídica, seja como empregado em uma empresa, ou até mesmo como funcionário público em uma estatal, como a Petrobrás. Em todos os casos, o profissional é bem valorizado.

Saiba o que fazer para melhorar suas oportunidades no mercado de engenharia química

Profissionais de engenharia, de maneira geral, apresentam muitas qualidades em habilidades que envolvem elaboração de procedimentos, cálculos matemáticos e compreensão de fenômenos das ciências da natureza.

Entretanto, alguns deixam de lado a questão das habilidades sociais, o que é muito importante e a sua falta pode ser uma grande dificuldade para os profissionais em se consolidar no mercado de trabalho.

Dessa maneira, é necessário criar um networking para você, unindo interesses comuns para que suas oportunidades no mercado aumentem.

Para fazer isso, há várias formas, como fazer uma pós-graduação na área ou até mesmo usar as redes sociais para este fim, criando uma página profissional, entre outros.

Outro ponto sempre importante a ser destacado é a questão de manter-se sempre atualizado. O conhecimento na atualidade, sobre os mais variados assuntos, é acrescido dia após dia.

Se um profissional passar muito tempo sem acompanhar as transformações tecnológicas sobre a sua área, ele fatalmente ficará desatualizado em relação à sua profissão.

As formas de manter-se atualizado são inúmeras. Você pode fazer uma pós-graduação na área de maior interesse, que além dos benefícios citados anteriormente, qualificam você perante o empregador e agrega mais conhecimentos ao seu trabalho.

Além disso, revistas físicas e eletrônicas, jornais de ciência, entre outros, podem auxiliá-lo.

Conclusão

Sendo assim, a engenharia química é uma profissão muito valorizada no Brasil. Com a necessidade constante de aumento de controle de qualidade e otimização dos processos produtos, as indústrias, dos mais variados setores, têm buscado cada vez mais o apoio deste importante profissional para o seu quadro profissional. Por conta disso, o profissional goza de uma boa média salário, mesmo os que acabaram de sair da faculdade.

Ao final das contas, saber quanto ganha um engenheiro químico recém-formado é importante e reflete a sua importância e a aposta quase certa na criação de um profissional de ponta, o que é positivo tanto para as empresas contratantes quanto para o profissional.

Quer ver as melhores vagas de emprego para Engenheiro Químico Então conheça nossa Plataforma de Conexão e encontre vagas de emprego com o seu perfil em sua cidade.

Avatar

Uma Plataforma de Conexão entre Engenheiros e empresas de Engenharia.